Saia Midi

Na História da Moda

Eternizada por Christian Dior (1905 – 1957) e seu “New Look” em 1947, você sabia que a saia midi começou a aparecer antes disso? Isso porque no período da Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918), as mulheres precisaram ingressar no mercado de trabalho e o comprimento da saia diminuiu para facilitar essa nova rotina.

Christian Dior

Em 1927 a juventude pós guerra aderiu ao novo corte com altura logo abaixo do joelho. Coisa que acabou não durando muito devido aos protestos e reivindicações de indústrias têxteis que sofriam amargamente com a queda nas vendas de tecidos. Após esse ocorrido, a bainha das saias e vestidos voltou a cair para a altura dos tornozelos.

Foi em fevereiro de 47, duas décadas após o surgimento das primeiras mudanças na altura das vestimentas das mulheres que Christian Dior lançou sua primeira coleção feminina pela ” The House of Dior”, chamada “Carolle” onde a peça principal era a saia na altura dos tornozelos, mais tarde batizada por Carmel Snow (redatora da Revista Harper’s Bazaar) como “New Look”. A saia midi com volume foi o ápice de Dior após a Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945). Uma resposta aos modelos retos e sóbrios usados no período de guerra.

New Look

A peça se tornou ícone na década de 50, trazendo glamour, sofisticação e elegância. Dior foi responsável por fazer a moda francesa brilhar novamente em um momento de readaptação da moda causados pelo longo período de guerra, onde a escassez de tecidos e redução de recursos financeiros deixaram as roupas extremamente simples e minimalistas

De Volta ao Presente

A verdade é que a saia midi tem dividido opiniões, mesmo repaginada, tem sido uma peça controversa e de grande resistência em muitos guarda-roupas. A maioria porque acreditam não ter o corpo ou altura ideal para usar. E como designer de moda quero que você minha cara leitora tenha em mente que errado não é ter o corpo perfeito, mas tentar fazer o outro acreditar que não pode usar um determinado tipo de roupa porque não vai cair bem no biotipo de alguém.

Você pode usar o que quiser e principalmente o que te faz sentir bem. A roupa mais bonita é aquela que tem alguém feliz dentro! E pra ter ajudar e incorporar essa peça versátil e feminina no seu dia-a-dia, separei algumas inspirações!

Você pode usar o que quiser e principalmente o que te faz sentir bem. A roupa mais bonita é aquela que tem alguém feliz dentro! E pra ter ajudar e incorporar essa peça versátil e feminina no seu dia-a-dia, separei algumas inspirações!

Imagens: Pinterest. Edição: Vanessa Bezerra
Imagens: Pinterest, Edição: Vanessa Bezerra
Imagens: Pinterest, Edição: Vanessa Bezerra
Imagens: Pinterest, Edição: Vanessa Bezerra

Beijos ❥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.