Imagem

Fornecedores Justos: Grupo Brasil Open Bar

A Camila é uma das fornecedoras que quero levar pra vida, sabe aquela pessoa fofa que dá vontade de guardar num potinho e colocar na estante? É ela!! Desde o meu primeiro contato fui super bem recepcionada.

Confesso que contratar serviço de bar já estava quase ficando fora do planejamento. Todos os fornecedores que encontrava, ou não tinha estrutura (precisaria alugar a parte) ou precisaria fornecer os insumos, o que na correria de planejar um casamento, acaba ficando inviável para os noivos. Quando achava um fornecedor que tinha estrutura e levava os insumos, adivinha? O preço ia lá no céu.

Eu e o Clayton fomos na degustação com um casal de amigos (padrinhos) que se casam ano que vem, agendamos a degustação no mesmo dia para aproveitar uma promoção do expo noivas, fica a dica noivinhos! Chegamos beeeem receosos, justamente por toda a explicação acima, e pra mim não basta apenas contratar o fornecedor, eu preciso me sentir bem, afinal eles recepcionaram pessoas queridas em uma data muito especial.

Confesso que saí de lá meio alta, os drinks surpreenderam muito. Alguns provei o copo cheio mais de uma vez! Hehe. Mas valem a pena, eu e o Clayton adoramos um drink chamado “Love me” e acreditem, eu e o amado (exceto pela cerveja), temos paladares diferentes para bebidas alcoólicas e doces. Ahhh, o Grupo Brasil Open Bar não cobra a degustação gente. Fica mais uma dica pra vocês!

Sabe o que é melhor de tudo? Eles não fazem eventos apenas no estado de São Paulo, atendem o Brasil todo. Se isso não é prova de que são pessoas honestas e justas não sei o que seria.

A Grupo Brasil Open Bar além fazer eventos é uma escola de bartender, eles estão no mercado a mais de 10 anos.

Vou deixar além do site deles linkado lá em cima ☝, a página do Instagram aqui, vale super a pena dar uma conferida e entrar em contato com eles. Além de casamentos, eles fazem eventos corporativo, formatura, debutante e festas em geral. Os cardápios contam com opção alcoólica e não alcoólica.

Fotos: Instagram – Montagem: Vanessa Bezerra


Beijos ❥

Projeto O Grande Dia: Nem tudo sai como planejado

Projeto O Grande Dia: Nem tudo sai como planejado

Quando eu e o Clayton definimos a data do nosso casório em 2017 não imaginávamos que 2018 seria tão difícil. Resultado: precisamos adiar nossa data em um ano. No começo quando o adiamento ficou claro e inevitável me deparei com um misto de “não vai dar nada certo” com “eu não faço nada direito”, me ver diante dessa situação foi o fim do mundo.

Demorei muito para me acostumar com a ideia, até começar a entender que o motivo do adiamento foi FALTA DE PLANEJAMENTO, parece bobeira mas não é. Então quando você procurar os passos que antecedem o grande dia e ver no topo da lista “Defina o quanto será investido” não ignore. Planeje seus custos mensais com os valores que irão fazer parte da sua lista de contas à pagar durante pelo menos um ano. Tenha em mente que imprevistos acontecem e alguns imprevistos demandarão dinheiro. Se possível guarde uma reserva para não ser pego de surpresa.

Se você assim como eu, você precisou remanejar a data, não se desespere! Se já tem algum contrato fechado, entre em contato imediatamente para comunicar o ocorrido e informar a nova data. Geralmente os valores mudam entre um ano e outro, e algumas empresas cobram multa. Por isso leia atentamente o contrato antes de assinar. No meu caso já tinha fechado o espaço, por isso paguei a diferença de um ano pra outro. Algo em torno de R$ 500,00. Que nossa fornecedora gentilmente transformou em uma parcela extra.

Antes eu não gostava de falar sobre a mudança da data, me debulhava em lágrimas quando lembrava. O noivo segurou bem as pontas, mas a pior coisa foi comunicar as famílias e amigos que já sabiam. Me segurei pra não desabar cada vez que alguém perguntava sobre o casamento e eu precisava explicar que não ia acontecer como planejado. O adiamento antes não entendido e muito questionado fez um super sentido porque alguns dias antes da antiga data perdi minha gatinha e fiquei muito tempo de luto. Como diz o título de um livro incrível da Zíbia Gasparetto “Nada é por acaso”.

PS: Usem a família e amigos para se apoiarem e nunca se esqueça que o melhor suporte é o do casal. Dialoguem bastante e não deixem que o sentimento de tristeza invada vocês e atrapalhem de alguma forma a união.

Beijos!❥

Agora vai, 15/11/19 será o nosso dia!

Agora vai, 15/11/19 será o nosso dia!

Às vésperas de completar 12 anos oficializaremos nossa união, não que ela já não seja oficial desde o dia em que timidamente ele me pediu em namoro no  velho sofá da casa dos meus pais.

Registraremos em papel o que já vem registrado em nossos corações a muito tempo, um amor cheio de cumplicidade.

É estranho e emocionante colocar em prática tantas ideias que guardei em pastas e pins durante tanto tempo, a única certeza é que será do nosso jeito  com as pessoas que amamos. Não precisamos de luxo.

Esse post vem acompanhado da categoria: O Grande Dia onde registrarei a saga desse casal num projeto ambicioso com muito D.I.Y .

Quero  ajudar meus leitores que se encontram ou se encontrarão na mesma situação que eu: Um sonho, muito amor e pouca grana. Onde precisaremos driblar os valores exorbitantes de casamentos e realizar tudo dentro do nosso orçamento, com muito bom humor, alguns surtos dessa noiva que escreve e toda mão na massa possível e imaginável.

Sejam bem vindos ao projeto “O Grande Dia”!!